Quem trabalha no setor agrícola sabe da necessidade de assegurar a reprodutividade da lavoura.

Para isso, é necessário proteger a lavoura de eventuais pragas, insetos e demais males que possam comprometê-la. Pois é justamente esse o papel desempenhado pela pulverização.

Embora a pulverização já seja algo reconhecido pelos agricultores, é importante ressaltar do quão imprescindível é este procedimento.

É importante utilizar os equipamentos corretos e que estes sejam de qualidade, acima de qualquer suspeita. Tudo para efetivar a pulverização e prevenir a lavoura acerca de mazelas que possam comprometer seu bem estar.

Além disso, existem novas tecnologias e técnicas disponíveis no mercado, garantindo uma melhor pulverização. Logo, é importante que as pessoas que atuam neste segmento compreendam as melhores maneiras para pulverizar a lavoura.

Continue a leitura e confira algumas dicas sobre pulverização, além de saber quais equipamentos são indispensáveis.

Pulverização: dicas e equipamentos necessários

Pulverização diz respeito à distribuição de substância líquida em pequenas partículas, no intento de distribuir produtos agroquímicos, também chamados de defensivos agrícolas, tais como fertilizantes, por exemplo, na lavoura.

Tal procedimento pode ser feito tanto via terrestre, como também via aérea. Os pulverizadores servem para assegurar que estes produtos agroquímicos sejam distribuídos de forma coesa e na quantidade certa.

Tais produtos costumam ter alto índice de concentração, o que torna desejável, muitas vezes, diluí-los em água, normalmente por meio de um tanque.

A essa mistura de água e defensivos agrícolas denomina-se calda. É imprescindível tomar bastante precaução com a calda, uma vez que determinadas fórmulas podem não tornar a diluição efetiva, reduzindo drasticamente a eficácia da pulverização.

É também essencial fazer tal processo em um momento adequado, seja por conta do clima, da temperatura, ou outro fator externo que possa comprometer o resultado.

Por exemplo, o clima compromete diretamente no resultado final. Da mesma maneira, uma umidade baixa pode acarretar uma evaporação mais rápida do que o indicado.

Portanto, são muitos os fatores a levar em conta para escolher um momento propício para que tal mecanismo seja efetivo para a lavoura e para a vida dos agricultores.

Existem alguns tipos distintos de pulverizador, como o pulverizador costal, o pulverizador de barra, a pistola pulverizadora de pressão, o turbopulverizador, entre outros.

Para escolher o pulverizador adequado é preciso conhecer profundamente as características da lavoura, portanto, este processo necessita ser realizado de forma estratégica e meticulosa.

O tipo de plantação, por exemplo, é um fator determinante para pautar tal escolha. Da mesma forma, é preciso levar em consideração a extensão da lavoura e outras características primordiais.

Obviamente, quanto mais moderno o equipamento for, maior será o desempenho e o resultado da pulverização.

Quanto aos equipamentos, dependendo do pulverizador, normalmente as partes acessórias desta ferramenta incluem filtros, bomba, mangueiras, bicos de pulverização, regulador de pressão, tanque, reservatório, entre outros.

É importante dispor dos benefícios que a tecnologia proporciona para a vida das pessoas. Logo, é indicado fazer um investimento na lavoura e utilizar equipamento de ponta para garantir a reprodução e a vida longa desta.

Conheça os nossos serviços

Para conhecer nossos serviços e produtos, acesse o nosso site e entre em contato com a nossa equipe para tirar eventuais dúvidas.
Whats: 41 99684-3914
Fixo: 41 3538-0389
Emails: contato@eagropecas.com.br

Eagro Peças
Receba as melhores ofertas
Cadastrar
Remover
Tecnologia
iSET - Plataforma de E-commerce para criar loja virtual
Plataforma de E-commerce para criar loja virtual